COVID - 19

Vaticano volta atrás após receber críticas sobre decreto de vacinação obrigatória para funcionários — Conexão Política


O Vaticano veio a público para esclarecer um decreto que implicava que os funcionários poderiam perder seus empregos se se recusassem a receber a vacinação contra a Covid-19 sem razões legítimas de saúde, após críticas nas redes sociais.Um decreto de 8 de fevereiro do cardeal Giuseppe Bertello, governador da Cidade do Vaticano, disse que obter a vacina era “a escolha responsável” devido ao risco de prejudicar outras pessoas.A Cidade do Vaticano, o menor estado do mundo, tem vários milhares de funcionários, a maioria dos quais vive na Itália.

Fonte: Vaticano volta atrás após receber críticas sobre decreto de vacinação obrigatória para funcionários — Conexão Política

Categorias:COVID - 19, RELIGIÃO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.