DESASTRES E ALERTAS

‘Frio Extremo’ causa ‘Apagão’ em 15 estados nos EUA e atinge o México


Blecautes e quedas generalizados de energia ocorreram em 15 estados nessa terça-feira de frio extremo nos EUA, quando um vórtice polar despeja um gelado ar do Ártico em grande parte do país. De acordo com  PowerOutage.US , 15 estados estão passando por apagões ou interrupções do fornecimento de eletricidade devido a condições climáticas extremas. A maioria das interrupções ocorre no Texas, com mais de 4 milhões de clientes sem energia (nesta atualização). 

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Clima de inverno extremo causa estragos em todos os EUA

Fonte: NYMagazine –  Zero Edge

Uma tempestade de gelo, vento e frio extremo de costa a costa sem precedentes e uma onda de frio histórica alimentada por um vórtice polar atingiu grandes áreas dos EUA proporcionando um clima de inverno extremo e recorde em grande parte do país, incluindo áreas que raramente sofrem tais condições.

Aqui estão as principais conclusões dos apagões contínuos no Texas:

  • Crise da rede elétrica se espalha para o México
  • 15 estados têm cortes de energia devido a FRIO EXTREMO
  • O governador Greg Abbott solicita ao exportador de GNL o Freeport para limitar a ingestão de gás e declara a reforma ERCOT 
  • 4,423 milhões de clientes no Texas estão sem energia
  • Javier Blas, da Bloomberg, alerta que “apagões se espalharam novamente” 
  • General Motors desativa a fábrica de montagem de Arlington 
  • Oncor Electric Delivery alerta sobre “interrupções controladas” em todo o estado
  • Temperaturas em Tyler, Texas -3F [-19,5 C] na manhã dessa terça-feira 
  • ERCOT espera restaurar energia com mais geradores voltando à rede 
  • The Southwest Power Pool disse que os apagões continuariam pelo segundo dia
  • O chefe de polícia de Houston, Art Acevedo, twitta morte relacionada ao frio extremo
  • Dados da Refinitiv mostram que ar do Arctico permanecerá no Texas até o final da semana
  • Os preços da eletricidade no atacado da ERCOT chegaram a US$ 9 mil por megawatt-hora durante a noite
  • Os apagões se transforma em problemas na telefonia de redes celulares
  • Texas se prepara para uma segunda tempestade de inverno 

Foto: imagem satélite GOES do centro e leste dos EUA na noite de segunda-feira./NOAA

O fenômeno climático extremo deixou milhões sem energia, dezenas de milhões enfrentando temperaturas abaixo de zero e vários estados sob declarações de emergência. Abaixo está uma visão geral do evento climático e seu impacto até o momento.

Como a CNN notou na segunda-feira, “O ar frio esta tão difundido que você pode viajar quase 2.000 milhas desde o Rio Grande, na fronteira mexicana ao sul, até o Rio St. Lawrence, na fronteira canadense ao norte, inteiramente em alertas de tempestade de inverno. … [Na segunda-feira, o] mercúrio caiu para 5 graus em Dallas, 6 abaixo de zero em Oklahoma City e 32 abaixo de zero em Kansas City, Missouri – o mais frio para essas cidades desde 1989.

A neve caiu em Brownsville, no quente e ensolarado Texas, onde a neve mensurável ocorreu apenas duas vezes no registro desde 1898, a mais de 120 anos. ”A neve não cai nas praias da Costa do Golfo do México com muita frequência”NEVE NA PRAIA

Quanto à ciência por trás da onda de frio interior, o Serviço Meteorológico Nacional relata:
“Este impressionante ataque de clima invernal perverso em grande parte do Paralelo 48º é devido à combinação de alta pressão do Ártico fornecendo temperaturas abaixo de zero e uma trilha de tempestade ativa escoltando ondas de precipitação de costa a costa”. 
O frio intenso continuou na manhã dessa terça-feira em grande parte do Upper Midwest, estendendo-se até o Texas e norte do México:

A perturbação se espalhou para o México, para onde os EUA restringiram as exportações de gás natural, resultando na paralisação das usinas de energia.  A OilPrice.com expande mais sobre o caos que se desenrola na rede elétrica do norte do México.

A queda nas exportações de gás natural dos Estados Unidos para o México em meio a um período de frio ártico no país que levou a um aumento na demanda de gás está causando apagões no norte do México, com cerca de 4,77 milhões de residências e empresas sem energia na segunda-feira.

>Argus observou que a maior parte do gás natural que o México recebe dos Estados Unidos vem do Permiano, onde a produção de petróleo e gás foi afetada pelo clima frio que causou cortes de energia em todo o Texas.

Poços de petróleo estão sendo fechados, assim como refinarias ao longo da Costa do Golfo, informou a Reuters hoje cedo, acrescentando que as operações de oleoduto e gás também foram interrompidas pelo clima.

Os apagões, relata a Bloomberg, fortalecerão o argumento do governo de que o México precisa ser menos dependente das importações de energia dos EUA, com o presidente Andres Manuel Lopez Obrador liderando o esforço para reduzir essa dependência. Obrador quer aumentar a produção doméstica de petróleo e gás do México para enfrentar o problema, mas isso tem se mostrado um desafio sem a participação de empresas privadas de energia, já que o presidente busca fortalecer o status dominante da Pemex, major estatal do setor de energia.

A falta de gás fluindo para as usinas de energia elétrica, além da demanda sem precedentes por energia, resultou nas taxas de eletricidade mais altas do estado. A demanda de energia elétrica ultrapassou a oferta, levando a apagões massivos nos últimos dias. O objetivo agora é colocar a geração de energia novamente online. 
Esperava-se que as condições climáticas extremas durasse um pouco. Mais de 245 milhões de americanos deverão enfrentar temperaturas abaixo de zero nos Estados Unidos continental nos próximos sete dias, à medida que a onda de frio continua, incluindo temperaturas abaixo de zero para mais de 50 milhões de pessoas.
O gelado ar do Ártico já estabeleceu recordes de temperatura em vários estados, e a CNN relata que mais de 240 recordes adicionais para o frio podem ser quebrados na noite de hoje, terça-feira.  Houve uma queda de neve histórica de Seattle ao norte do Texas – onde estava mais frio do que Anchorage (bo Alasca) na segunda-feira – assim como espessa cobertura de gelo em todo o Texas, Louisiana, Tennessee e Alabama. Esse sistema de tempestades se mudou para a região nordeste do país na noite de segunda-feira:
>Outro sistema de tempestades, atualmente nas Montanhas Rochosas, está a caminho e trará mais neve e gelo para a maioria dos mesmos estados que foram atingidos no fim de semana de feriado.  Enquanto isso, condições perigosas de vento frio devem continuar nas Grandes Planícies e no Vale do Mississippi até quarta-feira.
O clima causou a morte de pelo menos 13 pessoas na semana passada, principalmente em acidentes com veículos depois que a neve e o gelo tornaram a direção perigosa em vários estados. Seis pessoas morreram e dezenas ficaram feridas em um engavetamento de 130 veículos em uma interestadual gelada perto de Fort Worth na última quinta-feira.
Tempestades também interromperam as viagens aéreas, fechando aeroportos no Texas, Louisiana e Mississippi e levando ao cancelamento de quase 4.000 voos na segunda-feira. Na segunda-feira, em Kansas, um dos estados afetados por apagões contínuos, a governadora Laura Kelly pediu aos  moradores que cortassem o consumo de energia e o uso de gás natural “para garantir que tenhamos disponibilidade suficiente para superar essas temperaturas abaixo de zero”nos próximos dias .

Abaixo a tradução de notícia de um imenso objeto entrando no sistema solar: Por Thomas O’Toole, Washington Post, da equipe de redação – sexta-feira 30 dezembro, 1983; Página A1.

Vídeo de uma explosão solar, feito pela sonda STEREO da NASA, no dia 28 de novembro de 2013, que revelou a existência de um imenso objeto já dentro do sistema solar.
“Um corpo celeste possivelmente tão grande como o gigantesco planeta Júpiter e, possivelmente, tão perto da Terra que seria parte deste sistema solar foi encontrado na direção da Constelação de Órion por um telescópio em órbita a bordo do satélite astronômico infravermelho dos EUA (Infrared Astronomical Satellite-IRAS). Tão misterioso é o objeto que os astrônomos não sabem se ele é um planeta, um cometa gigante, uma ”proto-estrela” próxima que nunca ficou quente o suficiente para se tornar uma estrela, uma galáxia distante tão jovem que ainda está em processo de formação de suas primeiras estrelas ou uma galáxia tão envolta em poeira que nenhuma das suas estrelas ainda é visível. “Tudo o que posso dizer é que não sabemos o que é”, disse em uma entrevista, o Dr. Gerry Neugebauer, o cientista chefe do IRAS para o JPL-Laboratório de Propulsão a Jato da Califórnia e diretor do Observatório Monte Palomar, do Instituto de Tecnologia da Califórnia, a explicação mais fascinante deste misterioso corpo, que é tão frio que não lança luz e nunca foi visto por telescópios ópticos na Terra ou no espaço, é que ele é um planeta gigante gasoso tão grande como Júpiter e tão perto da Terra em 50 trilhões de quilômetros. Embora isso possa parecer uma grande distância em termos terrestres, é uma curta distância em termos cosmológicos, tão perto, de fato, que seria o corpo celeste mais próximo da Terra além do mais externo planeta Plutão. ”Se ele esta realmente tão perto, seria uma parte do nosso sistema solar,”  disse o Dr. James Houck do Centro de Rádio Física da Universidade Cornell. (FONTE)

Leitura adicional:
Enfraquecimento do campo magnético da Terra sobre a América do Sul [Brasil]
Vivendo fora do sistema na medida que colapso da sociedade se aproxima
Forte terremoto de 7,7º no nordeste da Austrália. Alerta de Tsunami
Nevasca provoca cenário catastrófico em parte da Alemanha e Holanda
Pesquisadores da Furg alertam para ‘Avanço do Mar’ na costa gaúcha
Japão: Forte terremoto de 7,1º na escala Richter sacode Tóquio e Fukushima, alerta de Tsunami
Cientista da Universidade do Colorado adverte que a reversão dos polos está se aproximando
Chile emite alerta de tsunami após terremoto de 7º na escala Richter e ordena evacuação de sua Base na Antártida
Sinal de Inversão dos polos magnéticos: Navios andam em círculos no Atlântico Sul
Gates [of Hell], silenciosamente psicopata apoia plano para diminuir os raios do sol
Mudança nos Polos Magnéticos: a Ciência se dobra as Profecias
“Ruídos e Estrondos” estranhos e inexplicáveis ​​assustam pessoas em todo o mundo
Mudança dos polos acelera e surpreende cientistas (e vai ‘surpreender’ a imensa maioria)
Os Anciões Inuits (os esquimós) estão alertando a humanidade: “o Eixo da Terra mudou”

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.
www.thoth3126.com.br

Veja também:

Categorias:DESASTRES E ALERTAS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.