STF

‘É impossível defender a volta do voto em cédula’, afirma Barroso


Na volta aos trabalhos nesta segunda-feira (1º), o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Luís Roberto Barroso criticou a ideia de se tentar reimplementar o voto impresso no país.“É impossível, respeitando quem pensa divergente, defender a volta do voto em cédula, que precisa ser contado manualmente, o que gera toda a potencialidade de fraudes”, declarou Barroso durante discurso na sessão realizada ontem.Para reforçar a posição contrária à discussão sobre a possibilidade de retorno do voto impresso nas eleições brasileiras, o que já foi externado em outras ocasiões, Barroso enalteceu a urna eletrônica.

Fonte: ‘É impossível defender a volta do voto em cédula’, afirma Barroso

Categorias:STF

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.