INTERNACIONAL

Conservadores barram o aborto em província argentina – Revista Oeste


A lei que permite o aborto até a 14ª semana de gestação está suspensa em Chaco, província argentina. É o que decidiu a juíza Marta Aucar ao acolher, na quinta-feira 28, pedido feito por um grupo de conservadores. Segundo eles, a interrupção da gravidez aprovada pelo Congresso Nacional viola a Constituição de Chaco. “A medida restringe, menospreza, violenta, limita e altera a existência, o exercício e o gozo do direito à vida da criança por nascer, protegida pelo nosso ordenamento jurídico desde a concepção”, informa trecho da ação. Para resolver o litígio, o caso deve passar por várias instâncias da Justiça até chegar à Suprema Corte de Justiça.

Fonte: Conservadores barram o aborto em província argentina – Revista Oeste

Categorias:INTERNACIONAL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.