COVID - 19

Milhares de israelenses testam Positivo para Covid-19 após receberem vacina mRNA Pfizer / BioNTech


Mais de 12.400 pessoas em Israel testaram positivo para coronavírus após serem vacinadas com o jab mRNA da Pfizer / BioNTech, incluindo 69 que receberam sua segunda dose, disse o Ministério da Saúde do país. Cerca de 189.000 pessoas foram testadas para Covid-19 depois de serem vacinadas, com 6,6 por cento obtendo um resultado positivo, de acordo com dados do ministério relatados por agências israelenses. 

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Milhares de israelenses testam POSITIVO para Covid-19 apesar de receberem vacina mRNA da Pfizer / BioNTech

Fontes:  Haaretz  –  Rússia Today

A maioria foi aparentemente infectada logo após receber a primeira injeção das duas doses da vacina – um período em que não se espera que a inoculação tenha feito efeito. No entanto, 1.410 pessoas testaram positivo duas semanas após a primeira injeção, altura em que a imunidade parcial já deveria ter acontecido.

Um paciente recebe uma vacina contra o coronavírus em um centro de inoculação drive-thru em Israel, 11 de janeiro de 2021. Crédito: rami shllush

Além disso, 69 pacientes foram infectados com o novo coronavírus, apesar de já terem recebido as duas doses da vacina, disse o ministério. Israel começou a administrar as segundas doses há quase duas semanas, com o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu sendo o primeiro a concluir o prazo.

A Pfizer disse que um aumento na imunidade ocorre entre os dias 15 e 21 após a primeira injeção, quando a eficácia de sua vacina aumenta de 52 para 89 por cento. De acordo com testes anteriores, a proteção oferecida pela vacina atinge o nível de 95 por cento uma semana após a segunda dose ser administrada, disse a gigante farmacêutica [Big Pharma].

Quando se trata de vacinas, os resultados dos ensaios clínicos podem ser diferentes do desempenho da imunização em campo, onde é administrada a um número muito maior de pessoas.

Na terça-feira, o czar do coronavírus de Israel, Nachman Ash, queixou-se aos ministros israelenses sobre a proteção insuficiente fornecida pela primeira injeção da vacina americana. Acabou sendo “menos eficaz do que pensávamos” e “inferior ao apresentado pela Pfizer”, disse Ash, citado pela Rádio do Exército.

No entanto, o chefe da unidade de infecção do Centro Médico Sheba – onde Netanyahu recebeu suas vacinas – disse à mídia israelense que a vacina da Pfizer “funciona maravilhosamente” após duas injeções. De acordo com o professor Gili Regev-Yohai, 102 dos médicos do centro foram testados uma semana depois de completar o esquema de vacinação e todos, exceto dois, mostraram níveis de anticorpos entre seis a 20 vezes maiores do que sete dias antes.

Israel lidera o mundo em termos de vacinação contra o novo coronavírus. Nos últimos meses, cerca de 2,15 milhões de pessoas receberam vacinas mRNA da Pfizer / BioNTech, com 300.000 já recebendo as duas doses.

Um trabalhador de saúde israelense prepara uma dose da vacina COVID-19 para pessoas na fila da clínica Kupat Holim Clalit em Jerusalém, em 14 de janeiro de 2021. Crédito: AHMAD GHARABLI – AFP

Apesar de já ter vacinado mais de 20% de sua própria população, Israel não parece tão ansioso para compartilhar a imunização com os palestinos nos territórios ocupados. Na quarta-feira, a Organização Mundial da Saúde expressou suas “preocupações” sobre o acesso desigual às vacinas entre israelenses e palestinos.

Um representante da OMS para a Palestina disse que o órgão da ONU vem discutindo com as autoridades israelenses a possibilidade de distribuir vacinas para a Faixa de Gaza e Cisjordânia. A ministra da Saúde israelense, Yuli Edelstein, disse que seu departamento pode oferecer às autoridades palestinas doses excedentes depois que os israelenses receberem seus jabs.


Questione tudo, nunca aceite nada como verdade sem a sua própria análise, chegue às suas próprias conclusões

“Parece duvidoso se, de fato, a política de “Botas no rosto” pode continuar indefinidamente.  Minha própria convicção é que a oligarquia governante encontrará maneiras menos árduas e perdulárias de governar e de satisfazer sua ânsia de poder, e essas formas serão semelhantes às que descrevi em Admirável Mundo Novo [uma verdadeira profecia publicada em 1932].  Na próxima geração, acredito que os governantes do mundo descobrirão que o condicionamento INFANTIL e a narco-hipnose são mais eficientes, como instrumentos de governo, do que e prisões e campos de concentração, e que o desejo de poder pode ser completamente satisfeito sugerindo às pessoas que amem sua servidão ao invés de açoita-los e chutando-os até à obediência. ”  Carta de Aldous Huxley  EM 1949 para George Orwell autor do livro “1984” 


Mais informação adicional:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br


Categorias:COVID - 19

Marcado como:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.