POLÍTICA

Justiça condena PT por “calote” em campanha de Dilma e penhora parte do faturamento da sigla


A Justiça de São Paulo determinou a penhora de parte do faturamento mensal do Partido dos Trabalhadores (PT), diretório de SP, em função de uma dívida da campanha de reeleição da ex-presidente, Dilma Rousseff, em 2014. Naquela época, a empresa A.J.M. de Azevedo Eletrônicos, havia sido contratada para fazer a entrega e a retirada de cavaletes de propaganda eleitoral.O acerto era de R$ 693 mil, mas o PT não pagou o equivalente a R$ 183 mil. Atualizados os valores representam um calote de R$ 233, 9 mil.O PT apresentou recurso à justiça e, surpreendentemente, não negou a dívida. Mas, alegou que, como partido político, recebedor de fundo partidário, não poderia pagar juros, correção monetária e multa.O Tribunal de Justiça, claro, não aceitou o engodo e condenou o partido a fazer o pagamento. Não cabe mais recurso sobre o mérito do processo.A justiça de São Paulo teve que penhorar o faturamento do partido porque, mesmo após quase dois anos da condenação, o PT ainda não quitou o débito.

Fonte: Justiça condena PT por “calote” em campanha de Dilma e penhora parte do faturamento da sigla

Categorias:POLÍTICA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.