COVID - 19

Os sete passos na implantação do Totalitarismo, usando a pandemia global pelo Covid-19


Há apenas sete etapas, desde a declaração da pandemia ao totalitarismo permanente – e muitos estados estão prestes a iniciar o passo nº 7: Como se tivesse sido “planejado com antecedência”, bilhões de pessoas em todo o mundo estão sendo forçadas passo a passo a adotar um estilo de vida radicalmente diferente do seu habitual, que envolve muito menos liberdade pessoal, a renúncia ao direito de ir e vir, com restrições físicas, econômicas, culturais e financeiras. Aqui está uma análise do modelo que esta sendo sutil e diretamente utilizado para implementar o totalitarismo a nível global.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

O caminho dos sete passos, da pandemia à implantação do totalitarismo. 

Fonte: https://off-guardian.org/2020/04/23/the-seven-step-path-from-pandemic-to-totalitarianism/

Por Rosemary Frei

PASSO 1

Um novo vírus começa a se espalhar pelo mundo. A Organização Mundial da Saúde (OMS)  declara [com atraso]  uma pandemia global.

As Agências internacionais , funcionários da saúde pública, políticos, mídia mainstream e outras vozes influentes alimentam o medo exponencialmente, concentrando-se quase exclusivamente na disseminação e nível de contágio do novo vírus e no crescente número de casos, e caracterizando o vírus como “extremamente perigoso”.

Dentro de alguns dias, os governos nos níveis local e nacional também declaram estados de emergência e quarentena generalizada. Na velocidade da luz, eles impõem medidas de bloqueio que confinam a maioria das pessoas a suas casas – começando com o fechamento de escolas – e depois do comércio, da indústria, serviços [bares, restaurantes, cabelereiros, etc] e fecham suas fronteiras, com o lockdown do transporte aéreo, fechando grande parte da economia global. Os mercados mundiais implodem.

O público [o camponês] atordoado, em pânico, medroso e crédulo – convencido nos últimos anos de que seus corpos não têm a capacidade natural de reagir a patógenos através da produção de anticorpos que conferem imunidade duradoura – obedece amplamente de boa vontade às medidas impostas pelos governos, de todos os níveis e a nível global.

primeira aula virtual semanal sobre respostas locais a emergências e crises ao COVID-19 é realizada para prefeitos e outras autoridades das cidades em todo o mundo. Coordenadas por um punhado de organizações americanas nas esferas acadêmica, médica, financeira, política e de transportes, as aulas apresentam convidados palestrantes que variam de Barack Obama a, claro, Bill Gates.

Anúncios

PASSO 2

{Pseudo} líderes políticos, em todos os níveis, nacionais, estaduais / provinciais e municipais, bem como funcionários da saúde pública, iniciam entrevistas diárias à imprensa . Eles usam esses momentos para gerar estatísticas assustadoras e modelagens afirmando que o vírus tem o potencial de matar muitos milhões de seres humanos. A maioria dessas informações é difícil de decifrar para os camponeses e lança pouca luz real sobre o curso natural da propagação do vírus por cada área geográfica ao se disseminar por todos os países do planeta.

Os funcionários e a mídia mainstream pre$$titute ora maximizam/minimizam ou distorcem o número de mortes “inconvenientemente baixo” [menos de 0,30% de letalidade] do vírus e em vez disso, concentram-se em estatísticas alarmantes produzidas por acadêmicos compatíveis, “influenciadores” de mídia social e organizações supranacionais [ONU, OMS, etc} de alto nível, além dos habituais oligarcas como Bill Gates, Geoge Soros, das mídias sociais que censuram ideias que divergem e expõe a “narrativa oficial” que gera pânico e medo.

A principal mensagem de TODOS os envolvidos na disseminação do pânico é que esta é uma guerra generalizada de todos os países e muitos milhões de vidas [sic] estão em risco, a menos que praticamente todos fiquem em casa em quarentena e usem focinheiras 24 por dia. A grande mídia mainstream pre$$titute amplia a ideia e dissemina o conceito de que o mundo está completamente à mercê do vírus.

Simultaneamente, os bancos centrais e os governos dos principais países distribuem grandes quantidades de dinheiro em grande parte para beneficiar os grandes bancos e as grandes empresas de todos os ramos e suas elites de todos os jogadores do grande cassino que é a área financeira. E eles contratam empresas financeiras gigantes do setor privado [como a Blackrock, controlada pela família Rothschild] para gerenciar o processo, apesar do péssimo histórico dessas empresas globais  no crash de 2008-2009. Os governos também começam rapidamente a criar do nada e emitir  trilhões em moedas em programas que incluem a compensação de empresas e trabalhadores por suas perdas relacionadas ao período de quarentena do planeta inteiro.

ETAPA 3

Há um esforço conjunto de todos os níveis do governo e da saúde pública para acelerar muito  rapidamente os testes [PCR] de RNA viral, juntamente com a produção de equipamentos médicos de proteção individual.

Eles afastam a necessidade de regulamentaçãoincluindo padrões de qualidade e verificação independente das taxas de precisão dos testes, insistindo que a aprovação e a implantação rápidas são imperativas para “salvar vidas”. São lançados modelos que prevêem aumento como bolas de neve gigantescas no número de casos, hospitalizações e mortes, mesmo nos melhores casos.

Na mesma época, as autoridades de saúde pública afrouxaram significativamente os critérios para infecções virais, surtos e mortes , principalmente para os membros cidadãos mais idosos da sociedade. Isso aumenta o número de casos e mortes atribuídos ao novo patógeno. A mídia continua clamando por mais testes e punições severas a pessoas que não cumprem completamente as medidas de bloqueio impostas de uso de focinheiras, distanciamento social. proibição de viagens, etc.

Como resultado, há pouca reação, já que policiais e militares, com amplos poderes, aplicam essas medidas e concedem severas multas ou até penas de prisão àqueles que desobedecem às ordens de ficar em quarentena. Os Estados também monitoram com impunidade um grande número de movimentos de pessoas através de seus celulares e smartphones.

Os vastos recursos humanos concentram-se em rastrear pessoas que tiveram contato com um indivíduo infectado pelo vírus para confiná-los em suas casas. Assim, a parte do público exposto ao vírus permanece relativamente pequena. Também contribui para o isolamento social . Entre muitos efeitos, isso permite que os que estão no controle controlem ainda mais as escolhas, calem as vozes dissonantes e o poder individual e coletivo para reagirmos ao circo.

PASSO 4

Quando o número de casos e mortes começa a subir, as autoridades locais afirmam que é muito cedo para dizer se o vírus terminou de infectar a sua população e, portanto, as medidas restritivas devem continuar .

Uma narrativa alternativa é que, se essas medidas não forem mantidas, haverá um ressurgimento de casos de infecção e mais mortes. Ainda outra narrativa é que a contínua subida nas mortes de idosos significa que todas as apostas estão desativadas por enquanto.

Eles admitem que os modelos iniciais previram incorretamente que haveria um tsunami de casos, internações nas UTIs e muitas mortes. No entanto, eles afirmam que é necessário mais tempo antes que seja possível determinar se é seguro diminuir algumas das restrições e permitir que as crianças retornem às escolas ou que os adultos voltem ao trabalho.

Os funcionários públicos e os políticos não tentam sequer calcular o custo global disparado dos bloqueios e lockdowns para suas populações e economias e outras medidas contra a propagação do vírus, nem discutem que nível de custo pode ser muito alto. As pequenas e médias empresas simplesmente fecham para sempre e o desemprego generalizado e em massa é a consequência

Eles e poderosas organizações de mídia pre$$titute também pressionam para que a enorme  capacidade de teste de vírus [inúteis] seja usada para testar a população em geral quanto ao DNA viral em seus corpos. Ao mesmo tempo, começa o  lançamento de testes de sangue generalizados para anticorpos contra o vírus.

Enquanto isso, novos dados são publicados mostrando que o vírus tem uma alta capacidade de sofrer mutação . Cientistas e funcionários interpretam isso como significando que será necessário um arsenal médico maior para combatê-lo e de que mutações do vírus em breve serão descobertas.

ETAPA 5

Cerca de duas ou três semanas depois, o aumento dramático nos testes de DNA viral produz o objetivo desejado de um aumento significativo no número de pessoas consideradas infectadas pelo vírus, mesmo assintomáticas.

As autoridades de saúde pública intencionalmente adicionam combustível ao aumento de número de infectados, acrescentando ao casos e às mortes o grande número de pessoas que apenas são suspeitas de estarem contaminadas – mas não confirmadas por testes de laboratório – que tiveram uma infecção pelo vírus. Políticos e funcionários da saúde pública dizem à população que isso significa que eles não podem voltar ao trabalho ou outras atividades fora de casa por enquanto e a economia e as empresas devem permanecer fechadas.

Os governos trabalham com agências de saúde pública, acadêmicos, indústria, a OMS e outras organizações para começar a projetar e implementar sistemas de passaporte de imunidade para usar os resultados do amplo teste de anticorpos para determinar quem pode ser liberado dos bloqueios. Este é um dos muitos objetivos das sete etapas.

Enquanto isso, os “líderes de governo” continuam a destacar a importância das vacinas para combater o vírus.

ETAPA 6

teste humano em larga escala de muitos tipos diferentes de antivirais e vacinas começa , graças a um esforço conjunto da OMS, Bill Gates e seus colaboradores, empresas farmacêuticas da Big Pharma e de biotecnologia, governos e universidades.

Grandes faixas da população não possuem anticorpos para o vírus porque foram impedidos de serem expostos a ele pela quarentena planetária; eles aceitam ansiosamente esses medicamentos, apesar de terem sido levados ao mercado com testes de segurança inadequados e com dúvidas sobre os seus componentes. Eles acreditam que as vacinas oferecem a única esperança deles escaparem das garras do “terrível” vírus, incentivados, desde o princípio da pandemia, pela exacerbação do medo e consequente pânico de ser infectado.

ETAPA 7

Logo, o novo vírus inicia “outro ciclo” [ondas 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9 …] em todo o mundo – assim como faz anualmente o vírus da gripe comum e outros vírus todos os anos há milênios. Funcionários novamente acendem as chamas do medo, provocam mais pânico, colocando o risco do potencial de milhões de mortes entre pessoas ainda não protegidas contra o vírus.

Eles lançam rapidamente os testes de vírus e anticorpos novamente, enquanto as empresas vendem bilhões de doses a mais de antivirais e começam a vacinação em massa.

Os governos cedem simultaneamente o controle de todos os ativos públicos restantes às empresas transnacionais.  Isso ocorre porque as bases tributárias dos governos locais e nacionais foram dizimadas durante a Etapa 1 e todos os governos estão praticamente à beira da falência pelo volume de seus gastos sem precedentes na guerra contra o “terrível” vírus nas etapas anteriores.

O resultado geral é a medicalização completa da resposta ao vírus, que em nível populacional  não é mais prejudicial do que uma gripe comum que também elimina anualmente milhares de indivíduos já com inúmeros e graves problemas de saúde.

Anúncios

Tudo isso esta sendo feito combinado com a criação do totalitarismo planetário permanente controlado por empresas transnacionais globais e um estado policial de vigilância invasiva 24 horas por dia, 7 dias por semana, apoiado pelo florescimento generalizado da tecnologia ‘inteligente’ via Inteligência Artificial, com a implantação da iniciativa “Great Reset” dos oligarcas multibilionários do Fórum Econômico Mundial – WEF.

Os principais participantes repetem o ciclo de histeria, medo e pânico e a administração maciça de vacinas, antivirais e doses de reforço a cada poucos meses. E eles implementam uma variação dos passos 1 a 7 para quando outro “novo e terrível patógeno” aparecer [ou for “liberado”] no planeta [exatamente o que estamos vendo no Reino Unido hoje].

Parece rebuscado? Infelizmente não é. Com a chegada [a “criação e liberação”do] COVID-19, muitos países concluíram rapidamente as etapas 1, 2 e 3, 4 e 5. O passo 6 está em andamento em um grande número de jurisdições. O passo 7 acabou de começar no Reino Unido.

Rosemary Frei é médica, mestre em biologia molecular pela Faculdade de Medicina de Ontário, Canadá, é jornalista freelancer por 22 anos. Ela agora é jornalista investigativa independente em Toronto, Ontário. Você pode encontrar o artigo anterior sobre o novo coronavírus para Off-Guardian aqui , assistir e ouvir uma entrevista que ela deu no COVID-19 e segui-la no Twitter.


Questione tudo, nunca aceite nada como verdade sem a sua própria análise, chegue às suas próprias conclusões.


“E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim.  Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá FOMESPESTES e TERREMOTOS, em vários lugares. Mas todas estas coisas são [APENAS] o princípio de dores. – Mateus 24:6-8

“E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas, Para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome. Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento, calcule o número da BESTA; porque é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e sessenta e seis[666]“. –  Apocalipse 13:16-18


Mais informação adicional:

Permitido reproduzir desde que mantida a formatação original e a conversão como fontes.

www.thoth3126.com.br


Categorias:COVID - 19

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.