NOTICAS DE SITES E BLOGS

Colégio demite professora que acusou Bolsonaro pela morte de Marielle


A professora que acusou o presidente Jair Bolsonaro de ter planejado o assassinato de Marielle Franco está desempregada. Depois de garantir que não poderia levar em consideração um “fato isolado” e definir a funcionária como alguém responsável por “brilhante trabalho”, o colégio COC Rio do Sul, de Santa Catarina, reavaliou o caso e demitiu Tanay Gonçalves Notargiacomo. A dispensa foi confirmada nesta quarta-feira, 11.

Fonte: Colégio demite professora que acusou Bolsonaro pela morte de Marielle

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.