O plano comunista de ‘guerra psicológica’ de 1958 já esta sendo executado perante nossos olhos


Recentemente escrevi sobre uma velha entrevista de 1984 com o ex-comunista Yuri Bezmenov, que descreveu a lenta [mas eficaz] “subversão ideológica” que poderia acabar derrubando os Estados Unidos [e outros países do ocidente]. Parece coisa de Teorias da Conspiração – até que percebamos que suas previsões de “desmoralização”, “desestabilização”, “polarização”  e “crise” constante estão se desenrolando bem diante de nossos olhos, já há bastante tempo.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

O plano comunista de ‘guerra psicológica’ de 1958 já esta sendo executado perante nossos olhos

Refletindo sobre suas palavras proféticas, procurei um livro antigo que um amigo mencionou para mim anos atrás: The Naked Communist . O título, admito, é digno de riso, mas as palavras dentro não são motivo de riso, especialmente quando se lê a seção intitulada “Importância da Guerra Psicológica”.

Escritos em 1958, alguns dos “objetivos da estratégia atual que os comunistas e seus companheiros de viagem estão procurando alcançar” parecem datados e parecem um livro de história do passado. Mas então chegamos ao item número 17:

Assuma o controle das escolas. Use-os como correias de transmissão para o socialismo e a propaganda comunista atual. Suavize o currículo. Controle as associações de professores. Coloque a linha ideológica do partido nos livros. ” (Enfase adicionada.)

Essa parte em negrito chamou minha atenção especialmente. Os americanos não suspeitam há anos que o currículo das escolas públicas foi simplificado? Figuras públicas proeminentes certamente fizeram essa afirmação , enquanto uma comparação das listas de leitura do ensino médio das escolas de hoje e as de 100 anos atrás fornece mais evidências. 

As coisas dão um passo mais perto dentro de nossa casa, encorajando o uso de “motins estudantis para fomentar protestos públicos contra programas ou organizações que estão sob ataque comunista”. Não tivemos muita experiência com distúrbios e protestos ultimamente? Muitos dos quais com grande participação de jovens? Eles são meras ferramentas nas mãos de uma ideologia que não percebemos que está puxando os cordões por trás dos bastidores?

Ainda mais aterrorizante, a longa lista progride para desde distúrbios estudantis para a cultura do cancelamento e ataques a estátuas que também estamos experimentando. “Continue desacreditando a cultura norte americana, degradandotodas as formas de expressão artística”, o item número 22 comanda, enquanto o número 31 pede que os comunistas :

“[b] eliminem todas as formas de cultura norte americana e desencorajem [e subvertam] o ensino da história americana …”. O documento também sugere desacreditar tanto a própria Constituição quanto os Pais Fundadores. Sobre o último ítem, diz: “

[p] ressintam-se deles como se fossem aristocratas egoístas que não se preocupavam com o ‘homem comum’”. Parece semelhante à imagem dos “racistas escravagistas” que agora os Fundadores dos EUA agora são retratados, não é?

A lista é extensa e muitos dos itens listados como objetivos eventuais agora são aceitos como parte de nossa cultura. Há mais um, porém, que merece um olhar mais atento:

“Crie a impressão de que a violência e a insurreição são aspectos legítimos da tradição americana; que estudantes e grupos de interesses especiais deveriam se levantar e usar a ‘força unida’ para resolver problemas econômicos, políticos ou sociais”.

Desde a morte de George Floyd, protestos [contra o “racismo”] e violência se tornaram comuns e cotidianos. As grandes reuniões proibidas por nossos governos durante a pandemia COVID-19 repentinamente se tornaram necessárias e legítimas para combater o racismo . 

Na verdade, o racismo sistêmico é cada vez mais rotulado como uma “crise de saúde pública” contra a qual o movimento racista Black Lives Matter deve travar uma guerra. Além disso, a unidade e aceitação completa e incondicional é exigida do público. Aqueles que se recusam a concordar – ou deixam de dizer qualquer coisa – são imediatamente condenados ao ostracismo ou combatidos com violência e veemência.

Onde isso nos deixa? Devemos começar a correr gritando: “Os comunistas estão chegando! Os comunistas estão chegando! ”?

Não. Agora não é hora de perder a cabeça. Em vez disso, devemos olhar para essa lista histórica, reconhecer os paralelos que ela tem com nossa cultura atual e nos perguntar se existe uma ideologia trabalhando para minar os valores, a tradição, a cultura, história e as idéias sobre as quais a América LIVRE foi fundada e se desenvolveu, bem ou mal, chegando até aqui.

Se concluirmos que sim, temos uma decisão a tomar. Aceitaremos essa ideologia subversiva e permitimos que ela domine a América [e o ocidente]? Nesse caso, é hora de se juntar à multidão de corporações, políticos e cidadãos comuns na agitação por mudanças.

Mas se decidirmos que a ideologia não está de acordo com o que acreditamos, nem com a direção que queremos ver a América seguir, então devemos estar prontos para escolher o caminho menos percorrido. Este caminho é o de defender a verdade e a justiça e a integridade do pais. Também envolve alertar os outros sobre as consequências que advêm de dar lugar a uma ideologia subversiva completamente oposta ao que a América procurou proteger e promover ao longo dos seus anos de existência.

Como o manifesto comunista do livro The Naked Communist sugere, o alarme já toca há muitos anos. Agora só precisamos dos ouvidos para ouvir e responder a isso. 

Via: https://thoth3126.com.br/o-plano-comunista-de-guerra-psicologica-de-1958-ja-esta-sendo-executado-perante-nossos-olhos/






Categorias:Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: