Astrônomos descobrem a Muralha do Polo Sul com 1,4 bilhão de anos luz de largura


Cientistas geraram um mapa tridimensional de uma enorme estrutura cósmica. Ela tão colossal que tentar compreendê-la pode dar um nó no seu cérebro.

A surpresa

Nomeada de “Muralha do Pólo Sul” a estrutura é uma monstruosidade de 1,4 bilhão de anos-luz de diâmetro e abriga nada menos do que centenas de milhares de galáxias, de acordo com o Live Science e o New York Times. Ela é um pouco maior do que a Grande Muralha Sloan, a sexta maior estrutura espacial já observada com 1,38 bilhão de anos-luz de diâmetro.

O principal autor do estudo, Daniel Pomarède, da Universidade Paris-Saclayda, ficou surpreso pelo fato da estrutura ter tamanho comparável com a Grande Muralha Sloan, estar duas vezes mais perto e ainda ter ficado oculta até o momento em uma área obscura do céu do sul. A pesquisa foi publicada na revista científica The Astrophysical Journal.

Visualizações na pesquisa

A descoberta é um testamento do grande poder de visualizações computadorizadas na pesquisa científica, de acordo com Brent Tully, co-autor do estudo e pesquisador da Universidade do Havaí.

O modelo tridimensional computadorizado da Muralha do Polo Sul, mostrando as áreas mais densas da matéria em vermelho. A região exibida tem de cerca de 1,4 bilhão de anos-luz de diâmetro. Crédito: Daniel Pomarède

Para gerar o mapa da Muralha do Polo Sul, os astrônomos usaram novas pesquisas do céu para enxergar além da “Zona de Obscuração Galáctica”, uma região na face sul do universo observável obscurecida já que a Via Láctea é relativamente muito mais brilhante.

Onde fica a Muralha do Polo Sul

O estudo recente tem base na descoberta realizada em 2014 pelos mesmos cosmógrafos do “Laniakea”, um super aglomerado com cerca de cem mil de galáxias que abriga a nossa própria Via Láctea .

Projeção das coordenadas no céu da Muralha do Polo Sul. A parte plana da Via Láctea é mostrada como a poeira cinza. Crédito: Daniel Pomardède

As dimensões absurdas

Para colocar em perspectiva o tamanho estonteante da Muralha Polo Sul lembre-se que a Via Láctea tem apenas cerca de 105 mil anos-luz. Colocando em quilômetros a Muralha começa com o número 13 seguido de 21 zeros. O número de grãos de areia em nosso planeta, de acordo com estimativas, seria de 7,5 quintiliões (18 zeros).

Essas colossais estruturas se compõe de diversos aglomerados, conhecidos como “redes cósmicas” que flutuam em gigantescas nuvens de hidrogênio gasoso.

A nova técnica usada pelos cosmólogos

Para fazer uma medição da Muralha do Polo Sul a velocidade das galáxias teve que ser considerada, pois influenciam umas as outras gravitacionalmente.

O novo método pode considerar a matéria escura, a misteriosa substância para parece formar cerca de 85% de toda a matéria no universo.

A maior estrutura espacial já encontrada foi a Grande Muralha Hércules-Corona Boreal, que tem insanos 10 bilhões de anos-luz de diâmetro. Ainda assim ela é apenas 10% do universo observável (aproximadamente 93 bilhões de anos-luz).

https://hypescience.com/muralha-do-polo-sul-estrutura-gigante-espaco-profundo/



Categorias:Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: